E o que levar para a maternidade? A malinha da mamãe!!

Às vésperas de muitas amigas receberem seus pequeninos em seus braços e também após uma cirurgia recente em que estive novamente na maternidade em que tive a Juju quase 2 anos atrás, acabei me lembrando de um tema que havia prometido, iniciado com um post anterior sobre a malinha do bebê (você pode ler aqui!), mas ainda não concluído. E então, vamos a ele: a mala da maternidade da mamãe!!

E é em um momento desses (do nascimento, claro!), no qual queremos que tudo corra perfeitamente bem e que realmente nada ofusque o brilho do momento, que buscamos nos preparar ao máximo. E isso efetivamente não está relacionado apenas às condições do bebê, mas também da nova mamãe!!

Sendo assim, segue uma ajudinha para as futuras mamães com base nas pesquisas que fiz na época e na confirmação que tive no dia e até recentemente sobre o que de fato tem funcionado. Só lembrando, como sempre costumo dizer, que nunca se trata de um tema fechado, mas apenas algo que funcionou muito bem comigo e que pode também ser útil para auxiliar mais futuras mamães neste momento essencialmente mágico de preparação.

O que levar para a mamãe (o que considero quantidades mínimas):

  • 3 camisolas ou pijamas com abertura na frente para facilitar a amamentação. E realmente confirmo essa quantidade como mínima considerando várias situações envolvendo sangramentos possíveis no pós-parto e outras intercorrências que sujam um bocado;
  • 5 calcinhas grandes, mais altas, firmes e confortáveis, de preferência que você já esteja usando durante a gestação e que já saiba que comportará também o uso de absorventes beeeem grandes e necessários após o parto, seja ele normal ou cesárea;
  • 3 sutiãs de amamentação. Interessante observar que há mamães que já dizem utilizar sutiãs de amamentação com bojo. Para quem prefere aos tradicionais, vale a pena investigar;
  • 1 par de chinelos que sejam seguros para o banho, por exemplo;
  • 1 penhoar e/ou 1 roupão. Eu particularmente não gosto muito de utilizá-los e o calorão da cidade em que tive a Juju também não permite muitas camadas de roupas. Assim, preferi usar camisolas mais ‘bonitinhas’ mesmo para ficar na maternidade, algumas quase parecendo vestidinhos do dia-a-dia, mas há quem prefira de fato penhoar para circular nos corredores e receber visitas;
  • 1 par de sandálias de dedo que também sejam mais seguras para circular pela maternidade e para o dia de ir para casa;
  • 3 pares de meia são importantes no caso de esfriar de repente, mas efetivamente no calor da cidade em que eu estava, elas só foram ‘passear’ comigo pela maternidade;
  • 1 par de conchas de amamentação e/ou 1 pacote de absorventes para os seios, e lá você vê a qual você se adapta melhor. Eu mesma comecei utilizando as conchas e logo mudei para os absorventes por ter uma melhor acomodação no meu caso;
  • produtos de higiene pessoal e acessórios: 1 creme dental, 1 escova de dentes, fio dental, sabonete, shampoo, condicionador, hidratante corporal, touca de banho, desodorante, escova de cabelo, pente, presilhas/elásticos de cabelo e uma maquiagem básica especialmente para se sentir confortável ao participar de fotos, filmagens e circular pela maternidade ou fora dela. Há hospitais que fornecem vários desses itens, mas provavelmente vai se sentir melhor utilizando os que já conhece e gosta;
  • 1 pacote de absorventes do tipo noturno, pois é comum o sangramento após o parto, seja ele normal ou cesárea;
  • roupas para sair da maternidade, de preferência bem confortáveis e folgadas já considerando a possibilidade de que a barriguinha da gestação ainda persista por algum tempo;
  • 1 pomada para fissuras nos mamilos (converse com o seu médico sobre a recomendada!), caso seja necessário. Geralmente os hospitais e maternidades insistem apenas no banho de sol para os casos de fissuras nos mamilos, mas o uso da pomada pode ser altamente recomendado em muitos casos pelo próprio médico visando viabilizar o sucesso da amamentação;
  • documentos pessoais e de histórico médico, é importante checar com antecedência no hospital tudo o que é necessário. Sendo assim, os mais comuns são RG, carteira de motorista, dinheiro e cartões;
  • carteirinha do seguro ou plano de saúde;
  • cartão do pré-natal;
  • celular, tablete, câmera fotográfica, filmadora, pilhas e carregadores de bateria para poderem registrar e comunicar os melhores momentos a amigos e parentes;
  • listas com nomes das pessoas a serem comunicadas do nascimento;
  • lembrancinhas e enfeites de porta, caso opte por tê-los;
  • comidinhas e água, no caso de servi-los às visitas;
  • álcool gel para higienizar as mãos.

Além de todos estes itens, é bastante interessante pensar no papai que também vai acompanhar a nova mamãe nessa empreitada, portanto:

O que levar para o papai (itens emergenciais):

  • 1 pijama;
  • 1 escova de dentes;
  • 1 chinelo;
  • 1 cueca;
  • 1 meia (se necessário);
  • 1 troca de roupa limpa e confortável

Basicamente com todos estes itens se está devidamente preparada para a ocasião sem estresse adicional, e eu realmente não senti falta de nada importante que já não esteja citado acima. Naturalmente cada mamãe faz as adaptações que julgar necessárias para aumentar seu conforto e, principalmente, permitir que toda a emoção a ser vivida naquele momento esteja totalmente voltada ao encantamento e à felicidade pelo nascimento.

Agora é só começarem a viver a maternidade e celebrarem com seus pequenos!!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s